Seguro Desemprego 2018 – Agendamento, Consulta, Valor

Agendamento Seguro Desemprego 2018

De forma simples o seguro desemprego 2018 é um auxilio temporário disponibilizado pelo Governo a todos os trabalhadores que foram demitidos de seus empregos. Esse beneficio é uma assistência diretamente a renda de seu beneficiário, valendo apenas para os trabalhadores que tenham sido demitidos sem a justa causa.

seguro-desemprego-agendamento

Você tem o direito ao segundo desemprego 2018, sendo ou não empregado formal. Você o garante através do pagamento do PIS ou PASEP, que é sempre recolhido pelo seu empregador enquanto você esteja exercendo as atividades, ou seja, se você tem a carteira assinada você tem direito sobre esse beneficio, para receber você deve fazer o agendamento do seguro desemprego 2018.

Seguro Desemprego 2018 Parcelas

O seguro desemprego tem como regra ser pago com 3 (três) a 5 (cinco) parcelas que serão pagas de forma alternadas ou sucessivas, seu valor irá depender diretamente de seus últimos salários recebidos, especificamente os salários dos últimos três meses, será feito um calculo e a partir dele será estabelecido o valor do seu beneficio.

Segundo as regras do seguro desemprego, assim que você solicitar o seu seguro desemprego o próprio Sistema Nacional de Emprego vai te encaminhar para vagas de emprego compatíveis com sua antiga função. A ideia é que você fique o menor tempo possível desempregado. E se por acaso aparecer alguma vaga que tenha o seu perfil, o SINE também será responsável para te por novamente no mercado.

Se você solicitar o beneficio pela primeira vez, a regra do seguro desemprego pede que você tenha tido, no mínimo, 12 (doze) meses trabalhando com a carteira assinada de forma consecutiva antes de sua demissão.

Caso esta seja a sua segunda vez solicitando o beneficio, a regra do seguro desemprego para você é que vai ser necessário, no mínimo, 9 (nove) meses de trabalho com a carteira assinada de forma consecutiva.

A regra do seguro desemprego 2018 para os que estão solicitando o auxilio pela terceira vez é que você tenha trabalhado durante os últimos 6 (seis) com sua carteira assinada. Um detalhe importante, isso serve para a terceira vez ou mais.

seguro-desemprego-regras-parcelas-consulta

Essas mudanças nas normas do seguro desemprego foram assim estabelecidas para não ocorrer fraudes, assim reduzindo o custo com segurança aos direitos trabalhistas. Entretanto, trabalhadores de empregos sazonais não são prejudicados, pois após a segunda solicitação do beneficio, a regra fica igual a regra anterior.

É importante dizer que o Seguro Desemprego só está disponível para aqueles trabalhadores que se encaixam nas regras a seguir:

  • Tenham sido demitidos sem justa causa;
  • Não recebem outro beneficio trabalhista paralelamente;
  • Não pode ter participação na sociedade nas empresas;
  • Precisa está a pelo menos 16 (dezesseis) meses sem ter solicitado o seguro;
  • Em caso de trabalhadores rurais, precisam ter trabalhado no mínimo 15 (quinze) meses nos últimos 24 (vinte e quatro) meses.

Lembrando que segundo as regras do seguro desemprego você tem um prazo você tem um prazo especifico para solicitar o benéfico, caso for ultrapassado você perderá o direito e ele não poderá ser recuperado.

  • O prazo do trabalhador formal – você tem entre 7 (sete) a 120 (cento e vinte ) dias após assinada a demissão;
  • Prazo para os empregados domésticos – Entre 7 (sete) a 90 (noventa) dias após assinada a demissão;
  • Prazo para os pescadores Artesas – Até 120 (centro e vinte) dias após o anuncio da proibição da pesca;
  • Prazo para os trabalhadores resgatados em estado de escravidão – até 90 (noventa) dias após o resgate;
  • Prazo para os trabalhadores em bolsa qualificação -a qualquer momento, durante o período de suspensão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *